Vídeo do Hamas mostra Shalit vivo, diz jornal

CAIRO - O Hamas tem em seu poder um vídeo no qual mostra com vida e em boas condições de saúde o soldado israelense Gilad Shalit,informou nesta segunda-feira o diário kuwaitiano Al-Jarida. Capturado em junho de 2006 por milícias palestinas em Gaza, ele completará cerca de mil dias como refém do Hamas quando chegar ao fim o governo de Olmert. Sua família está preocupada com a formação do novo governo de Israel, que pode não estar disposto a negociar trocas de prisioneiros com o grupo palestino.

Redação com agências internacionais |


Clique para ver o infográfico

O jornal, que cita fontes não identificadas ligadas à facção palestina, disse em sua edição digital que o "número 2" do Hamas, Moussa Abu Marzuk, recebeu um vídeo e uma carta escrita pelo próprio Shalit durante uma visita à Faixa de Gaza há pouco mais de uma semana.

Segundo as fontes, a gravação foi entregue a Abu Marzuk, que vive exilado em Damasco, por um dirigente das Brigadas de Izz al-Din al-Qassam, braço armado do Hamas.

As Brigadas de Izz al-Din al-Qassam estão entre os três grupos responsáveis pelo sequestro de Shalit de uma base militar israelense, o que desencadeou uma operação de represália na qual morreram mais de 250 palestinos.

Segundo o "Al-Jarida", em seu retorno à capital síria, Abu Marzuk entregou a carta de Shalit ao Ministério de Relações Exteriores da Síria, e permaneceu com a gravação em seu poder.

Reuters

Pai do soldado faz contagem dos dias que Shalit
está em cativeiro, em protesto neste domingo

O diário assinalou que o Hamas não tem a intenção de divulgar o conteúdo do vídeo até que aconteça "um progresso verdadeiro e sério", e que Israel mostre maior flexibilidade sobre uma troca de prisioneiros.

Segundo as mesmas fontes, o Hamas quer usar a gravação como trunfo no momento de negociar com as autoridades israelenses, para mostrar que leva a sério o assunto da troca de prisioneiros.

(Com informações do The New York Times e da EFE)

Leia mais sobre Hamas

    Leia tudo sobre: hamas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG