Exército israelense diz que vai investigar imagens que reabrem debate sobre desrespeito aos direitos humanos no Oriente Médio

AFP
Imagem de vídeo mostra soldado dançando em volta de mulher palestina
A emissora de televisão de Israel Canal 10 divulgou imagens de um soldado israelense dançando ao som de música árabe em volta de uma palestina algemada e com os olhos vendados. Não se sabe quando a filmagem foi feita, mas acredita-se que tenha sido postada no YouTube em 2008.

Segundo a emissora americana CNN, o Exército israelense afirmou que vai investigar o vídeo. Em comunicado, o Exécito de Israel disse que "denuncia esse tipo de atitude e continua se esforçando para eliminar tal comportamento".

A nota acrescenta que os incidentes são "casos isolados que não representam as Forças Armadas israelenses como um todo".

O vídeo reabre o debate sobre a falta de respeito do Exército isralenese com presos palestinos. Em agosto, a soldado na reserva Eden Abergil postou no Facebook fotos em que posava ao lado de palestinos algemados e vendados.

Na ocasião, o Exército israelense criticou a militar e indicou que era um caso excepcional que contradizia os valores das Forças de Defesa de Israel. No entanto, organizações israelenses defensoras dos direitos humanos, como a ONG de ex-militares "Rompendo o Silêncio", insistem que este tipo de comportamento é usual entre os soldados.

Com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.