TORONTO (Reuters) - Um vídeo divulgado no YouTube de um menino de 7 anos dirigindo um carro utilitário esportivo, sendo incentivado por familiares, está sob investigação no Quebec, Canadá, informou a polícia nesta terça-feira. O vídeo, aparentemente gravado pelo pai, que está sentado no banco do passageiro, mostra a criança dirigindo e sua mãe e irmãos assistindo nos bancos de trás. O filme chamou a atenção da polícia de Quebec, segundo a tenente Chantal Mackels.

"Nós sabemos agora quem é a pessoa", disse Mackels, acrescentando que as acusações ainda estão sendo elaboradas.

Encontrar a família não foi um desafio muito grande, pela narração entusiasmada do pai no vídeo, que citava o lugar de Quebec e o primeiro nome da criança.

A mulher no banco de trás também citou o nome do pai, aparentemente pedindo para ele não distrair a criança. Durante o vídeo, o pai pediu para "Samuel" sorrir para a câmera. O menino, mascando chiclete, sorriu forçadamente.

O pai também voltou a câmera ao banco de trás do veículo para mostrar a mãe, com uma criança sentada no seu colo sem nenhuma segurança e um menino mais velho.

A polícia está considerando duas acusações criminais e violações do trânsito e também entrou em contato com o departamento de proteção à criança da província para investigar a família, informou Mackels.

Apesar de já ter investigado casos de crianças dirigindo antes da idade permitida de 16 anos, Mackels disse que nunca teve um caso em que a evidência tenha sido fornecida online, pelo orgulhoso pai criminoso.

"Como este, no YouTube? Não. Este é novo para mim", disse Mackels.

(Reportagem de Andrea Hopkins)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.