Vice-presidente russo deseja alavancar comércio com Cuba em visita

Havana, 30 jul (EFE).- O vice-presidente da Rússia, Igor Ivanovich Sechin, deu início hoje a uma visita oficial de quatro dias a Cuba acompanhado de funcionários e empresários do país, com uma agenda que aponta para elevar a colaboração comercial bilateral.

EFE |

A delegação russa iniciou hoje sua programação em Havana com um encontro presidido pelo ministro de Governo cubano, Ricardo Cabrisas, que reconheceu que, para a ilha, "este é o momento mais favorável para aprofundar as relações com a Rússia", informou a televisão local.

Na reunião, Sechin disse que a Rússia considerará "as decisões" e "enfoques" da ilha quanto à "cooperação regional", e destacou as possibilidades oferecidas pelas companhias russas para aumentar a cooperação.

Pela parte cubana, que emoldurou suas "esferas prioritárias" de colaboração na área de petróleo, turismo, saúde, níquel, transporte, cítricos e finanças, participaram do encontro os ministros da Indústria Básica, Comunicações, Turismo e Investimento Estrangeiro.

A imprensa oficial cubana informou que a visita de Sechin, que é co-presidente da comissão intergovernamental para a colaboração econômico-comercial e técnico-científica, "inscreve-se dentro do esforço" desse instrumento para elevar o "comércio, os investimentos e as pesquisas conjuntas".

O vice-ministro russo permanecerá na ilha até 2 de agosto e cumprirá uma programação que, além disso, inclui visitas a vários lugares de interesse econômico, científico e social. EFE arj/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG