BAGDÁ - O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, durante uma visita surpresa a Bagdá nesta quinta-feira para se encontrar com líderes iraquianos, comandantes militares norte-americanos e tropas, disse estar otimista sobre o futuro do Iraque mas que há muito trabalho a ser feito.

A visita de três dias de Biden acontece após o presidente dos EUA, Barack Obama, tê-lo nomeado para ajudar a coordenar a política iraquiana enquanto autoridades norte-americanas preparam terreno para a retirada completa das tropas dos EUA até 2012.

"Este é um momento no qual temos que nos assegurar que os iraquianos não tirem seus olhos do prêmio final", afirmou Biden.

Autoridades da Casa Branca disseram que Biden se encontrará com o presidente iraquiano, Jalal Talabani, e com o premiê, Nuri al-Maliki, e visitará tropas e comandantes norte-americanos para celebrar o feriado de 4 de julho, Dia da Independência dos EUA. Obama visitou o Iraque em abril.

Autoridades disseram que Biden deve se encontrar com seu filho, Beau Biden, que está no Iraque pela Guarda Nacional de Delaware em uma unidade ativada para desenvolvimento no ano passado.

Leia mais sobre Joe Biden

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.