Vice-presidente dos EUA diz que há forte compromisso para ajudar Haiti

Miami, 18 jan (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden, disse hoje, em Miami, que seu país mantém um forte compromisso a longo prazo para ajudar na recuperação do Haiti, país que foi assolado por um devastador terremoto na semana passada.

EFE |

Biden se referiu à ajuda americana em cerimônia de celebração do Dia de Martin Luther King, com a presença de cerca de 100 estudantes haitianos.

Durante seu discurso na Florida Memorial University, indicou que a ajuda oferecida aos haitianos cresce a cada dia e pediu aos americanos que continuem prestando assistência à empobrecida nação caribenha.

O vice-presidente esteve no sul da Flórida participando de vários eventos, incluindo um de arrecadação de fundos políticos em Naples, no litoral oeste do estado.

O terremoto de 7 graus na escala Richter aconteceu às 19h53 (Brasília) da terça-feira passada e teve epicentro a 15 quilômetros da capital haitiana, Porto Príncipe. Segundo declarações à Agência Efe, o primeiro-ministro do Haiti, Jean Max Bellerive, acredita que o número de mortos superará 100 mil.

O Exército brasileiro informou que pelo menos 16 militares do país que participavam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto.

A médica Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, e Luiz Carlos da Costa, o segundo civil mais importante na hierarquia da ONU no Haiti, também morreram no tremor. EFE sob/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG