O vice-primeiro-ministro russo, Sergei Ivanov, elogiou neste domingo o pedido feito pelo vice-presidente americano, Joe Biden, de apertar no botão de zerar nas relações entre os dois países. Ivanov e Biden encontraram-se neste domingo em Munique, na Alemanha, onde ambos estão participando de uma conferência internacional sobre segurança.

No sábado, Biden havia feito um discurso prometendo um novo tom dos Estados Unidos no mundo. O vice-presidente americano também disse que é preciso "apertar o botão de zerar" nas relações com a Rússia, revendo todas as áreas de cooperação do país com a aliança militar Otan.

Ivanov disse que a proposta é uma medida "muito positiva".

O encontro dos vices neste domingo foi a reunião de maior escalão entre autoridades americanas e russas desde a chegada de Barack Obama ao poder.

Ivanov disse que Biden reafirmou no encontro bilateral a vontade de Washington de melhorar as relações com a Rússia.

No entanto, Biden havia feito uma ressalva antes do encontro com Ivanov de que a Geórgia deve decidir sozinha se pretende ingressar na Otan.

A Rússia é contra o ingresso da Geórgia na aliança militar. Em agosto do ano passado, a Geórgia e a Rússia envolveram-se em um conflito na região da Ossétia do Sul e Abecázia.

"Os Estados Unidos e a Rússia podem discordar e ainda assim trabalharem juntos onde nossos interesses coincidem, e eles coincidem em muitos lugares", disse Biden.

Ele disse que os Estados Unidos continuam com a intenção de instalar um escudo antimíssil na Europa Central, projeto ao qual os russos se opõem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.