WASHINGTON (Reuters) - O vice-presidente norte-americano, Joe Biden, disse neste sábado que seu país espera obter o apoio da China à imposição de sanções contra o programa nuclear do Irã. Temos o apoio de todos, da Rússia à Europa. E eu acredito que teremos o apoio da China para continuar a impor as sanções ao Irã para isolá-lo, afirmou Biden a um programa da NBC.

Pequim tem se mostrado fria até agora à pressão do governo de Barack Obama por sanções internacionais adicionais ao Irã.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.