Vice assume presidência do Malaui após morte de ex-líder

Primeira mulher presidente do país, Joyce Banda é advogada e ativista de direitos das mulheres

iG São Paulo |

A vice do Malaui, Joyce Banda, assumiu a presidência do país sul-africano neste sábado, após a morte do presidente Bingu wa Mutharika , e os temores de uma luta pela sucessão recuaram com os altos funcionários e o exército apoiando a transferência constitucional.

Ataque cardíaco: Médicos confirmam morte do presidente do Malaui

Além de advogada, Joyce é uma proemeninente ativista de direitos das mulheres e defensora da educação. Aos 61 anos de idade, ela se tornou a primeira mulher a presidir o país do sul da África e assumiu o cargo neste sábado, na capital Lilongwe.

AFP
Joyce Banda em cerimônia de posse na capital Lilongwe

O governo só anunciou oficialmente a morte de Mutharika, de 78 anos, na manhã deste sábado, depois de médicos terem confirmado a sua morte decorrente de um ataque cardíaco. Seu corpo havia sido levado para um hospital militar na África do Sul.

A demora em anunciar oficialmente a morte do presidente aumentou rumores e preocupações frente a uma crise política. Joyce havia sido expulsa do governista Partido Democrático Progresso (DPP) em 2010, depois de uma discussão sobre a sucessão. Apesar da saída da legenda, ela manteve sua posição de vice-chefe de Estado.

Legislação

A Constituição do país estabelece que o vice-presidente assuma caso o presidente morra, mas Mutharika parecia ter preparado seu irmão Pedro, o ministro das Relações Exteriores, como seu sucessor de fato.

Em um sinal de que Joyce teve apoio em todo o espectro político, líderes da oposição pediram que ela fosse rapidamente empossada como chefe de Estado e cerca de 20 membros do conselho nacional do DPP de Mutharika também expressaram seu apoio a ela.

A nova presidente comandará o país até a realização das eleições, previstas para 2014.

*Com Reuters

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG