Viagem internacional de Obama não seduz os eleitores americanos

A recente viagem internacional do candidato democrata à Casa Branca Barack Obama teve pouco impacto nos eleitores, que também consideram que o senador de Illinois aparece demais na mídia, segundo uma pesquisa do instituto Gallup publicada nesta terça-feira.

AFP |

De acordo com o estudo, o primeiro realizado sobre o assunto, apenas 35% das pessoas entrevistadas expressaram uma opinião positiva sobre a viagem de Obama ao Afeganistão, ao Iraque, ao Oriente Médio, e à Europa na semana passada.

Vinte e seis por cento das pessoas entrevistadas expressaram uma opinião negativa, e 39% afirmaram não dispor de informações suficientes para opinar, apesar da enorme cobertura realizada sobre o evento pelos meios de comunicação locais.

Segundo Gallup, as duras críticas proferidas pelo candidato republicano John McCain, principalmente sobre o fato de Obama não ter ido visitar soldados americanos feridos na Alemanha, podem ter tido algum impacto sobre os eleitores dos Estados Unidos.

"A enorme cobertura da viagem realizada pela imprensa pode ter estimulado especulações, ou reforçado atitudes já existentes, sobre uma parcialidade dos meios de comunicação em favor de Barack Obama", acrescentou o instituto.

Para 39% dos entrevistados, o senador de Illinois aparece demais na imprensa.

A popularidade de Obama passou de 64% a 61% no mês passado, enquanto a de McCain passou de 59% a 62%.

jit/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG