SIDNEY, Austrália - Um veterinário australiano colocou seu braço inteiro dentro da garganta de um tubarão raro para salvar a vida do animal que engoliu um gancho.

David Blyde colocou o braço entre a mandibula do tubarão cinzento de três metros para remover o gancho, que ficou preso no trato digestivo do animal, deixando um longo cano para fora de sua boca. 


Tubarão cinzento de três metros é observado antes da remoção do gancho / AP 

O tubarão cinzento é geralmente muito menor do que o agressivo tubarão branco e não é considerado uma ameaça aos humanos, mas sua mordida pode causar graves ferimentos.

Mergulhadores observaram o tubarão na segunda-feira quando ele nadava perto da Baía de Byron, 800km ao norte de Sidney, afirmou Trevor Long do parque aquático Sea World, nessa sexta-feira.

Depois que o animal foi capturado e colocado em um tanque de tratamento, o pessoal do resgate colocou um cano de plástico duro na sua garganta.

Blyde colocou a mão por dentro do cano para alcançar e remover o gancho.

"Como veterinário certamente você coloca as mãos em lugares que a maioria das pessoas não colocaria", disse Blyde.


Tubarão cinzento de três metros é observado antes da remoção do gancho / AP

O tubarão cinzento é uma das espécies marinhas em pior grau de extinção na Austrália, depois de ter sido caçado até quase seu total desaparecimento.

Algumas estimativas mostram que menos de 300 tubarões da espécie ainda vivem na costa leste do país.

Leia mais sobre: tubarão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.