Veterano Hirohisa Fujii será novo ministro das Finanças do Japão

Tóquio, 15 set (EFE).- O veterano Hirohisa Fujii, de 77 anos, será o próximo ministro das Finanças do Japão, parte do Governo que anunciará na quarta-feira o primeiro-ministro eleito, Yukio Hatoyama, segundo asseguram hoje os meios de comunicação japoneses.

EFE |

Hatoyama, do Partido Democrático (PD), dá hoje os últimos ajustes a seu novo Governo, um dia antes de tomar posse como primeiro-ministro do Japão na Dieta (Parlamento).

Como ministro das Finanças decidiu escolher a Hirohisa Fujii, que já ocupou essa pasta entre 1993 e 1994, quando Japão não esteve dirigido pelo PLD, partido no poder desde 1955 até que no último dia 30 de agosto perdeu as eleições gerais.

De raízes conservadoras, Fujii defende que as políticas sociais devem ser financiadas através de impostos, rejeita a emissão em massa de dívida e está contra da intervenção no mercado de divisas.

Yukio Hatoyama, de 62 anos, governará em coalizão com duas forças minoritárias, cujos líderes serão também ministros de seu Governo, apesar do PD ter ganhado o pleito de 30 de agosto com maioria absoluta.

O presidente do Novo Partido do Povo, Shizuka Kamei, de 72 anos, será o ministro da Defesa, segundo informa hoje a agência local "Kyodo", e o líder do Partido Social Democrata (PSD), Mizuho Fukushima, se ocupará previsivelmente de Assuntos do Consumidor ou de Natalidade.

Outros postos do Gabinete que já foram publicados pela mídia são o de ministro de Assuntos Exteriores, que ocupará Katsuya Okada, um político muito próximo a Hatoyama, enquanto Hirofumi Hirano, até agora chefe de políticas do PD, será seu ministro porta-voz.

Hatoyama será eleito amanhã primeiro-ministro pela Câmara Baixa, onde seu partido, o Democrático (PD), ganhou 308 de suas 480 cadeiras nas eleições de agosto. EFE psh/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG