Verona multará em 500 euros os clientes de prostitutas de rua

Roma, 30 jul (EFE) - A Prefeitura da cidade de Verona (norte da Itália) decidiu hoje, após uma proposta do prefeito, Flavio Tosi, elevar a 500 euros a multa aos clientes de prostitutas de rua, para combater, desta forma, o problema.

EFE |

Tosi explicou, em comunicado, que o "decreto de segurança", aprovado pelo Governo conservador de Silvio Berlusconi, dá aos prefeitos a possibilidade de fazer gradações das diversas sanções de 50 a 500 euros, segundo "a gravidade do comportamento de quem comete um delito".

Neste caso, o prefeito decidiu impor a sanção máxima de 500 euros pela violação da ordem contra a prostituição.

O objetivo da regra é "multar quem contratou favores sexuais para eliminar um fenômeno administrado por organizações criminosas, que, com freqüência, reduzem à escravidão as mulheres dirigidas à prostituição, e para eliminar a degradação e as moléstias causadas aos cidadãos". EFE cr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG