Ventos reavivam incêndios antes controlados na Austrália

Sydney (Austrália), 13 fev (EFE).- O alerta máximo retornou hoje ao estado australiano de Victoria, depois que ventos reavivassem vários incêndios que já estavam praticamente controlados na região.

EFE |

Cerca de 20 caminhões com a água e 100 bombeiros enfrentam as chamas de um incêndio conhecido como Maroondah-Yarra, que no sábado destruiu o povoado de Marysville, e que segundo a rádio "ABC" se encontra atualmente a um quilômetro da cidadela.

Depois que uma chuva suave melhorasse a situação no nordeste de Melbourne ontem, os bombeiros voltaram a dar a instrução aos habitantes de Healsville, cerca de 60 quilômetros a nordeste da capital de Victoria, para que fiquem alerta e apaguem todos os resquícios de fogo que se aproxime de suas casas.

Enquanto isso, outras equipes de bombeiros criaram linhas de contenção nas 21 frentes de incêndio que continuam ardendo em Victoria, de modo a evitar que as chamas afetem reservatórios de água da cidade de Melbourne.

Os bombeiros estão empenhados em correr contra o tempo e controlar os incêndios antes que as temperaturas voltem a subir, no fim de semana; as tempestades elétricas sejam retomadas, na segunda-feira; e a direção do vento mude, na quarta-feira.

A série de incêndios durará pelo menos duas semanas mais, segundo advertiram as autoridades. "Estamos no início de fevereiro, não há dúvida de que ainda não chegamos ao final", disse Anthony Spargo, um porta-voz dos bombeiros.

As autoridades revelaram hoje que o número de casas destruídas pelos incêndios é de pelo menos 1.800, com sete mil desabrigados e mais 450 mil hectares destruídos. EFE mg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG