Vento diminui e bombeiros controlam avanço do fogo na Califórnia

Santa Bárbara (EUA.), 17 nov (EFE).

EFE |

- A redução dos ventos ajudou hoje os bombeiros do sul da Califórnia a controlar os incêndios que queimaram mais de 800 casas e obrigaram dezenas de milhares de pessoas a abandonar seus lares no fim de semana.

Mais de 16.500 hectares de florestas foram queimados desde sexta-feira entre os condados de Santa Bárbara e Los Angeles devido a temperaturas próximas a 30 graus e rajadas de vento de quase 100 km/h.

Os incêndios, divididos em três frentes, forçaram a evacuação de mais de 30 mil pessoas e causaram 11 feridos.

Cerca de 5 mil bombeiros foram para as regiões afetadas, onde seguem trabalhando para apagar o fogo, no que aproveitam a melhora das condições meteorológicas.

"Não queremos baixar a guarda. Tudo está ditado pelo vento", assegurou à imprensa local Ronnie Villanueva, chefe de unidade do Departamento de Bombeiros do condado de Los Angeles.

As previsões mais otimistas das autoridades dão conta de que o incêndio de Santa Bárbara, que queimou 210 residências em um bairro luxuoso e está controlado em 95%, será totalmente apagado até o fim da tarde de hoje, pelo horário local.

Os focos mais destruidores, ao nordeste e ao sudeste de Los Angeles, foram contidos em 40% na noite passada, mas calcula-se que suas chamas persistirão por diversos dias.

A fumaça propagou-se em um raio de 40 quilômetros e as cinzas cobriram veículos em áreas muito à frente do fogo, cuja causa ainda está sendo investigada, com a suspeita de ele ter sido provocado.

A onda de incêndios é a segunda em apenas um ano. Na anterior, a Califórnia sofreu uma das piores devastações de sua história, com 2 mil casas queimadas, mais de 600 mil pessoas desabrigadas e prejuízos superiores a US$ 1 bilhão. EFE fmx/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG