uma ditadura , acusa prefeito de Caracas - Mundo - iG" /

Venezuela vive em uma ditadura , acusa prefeito de Caracas

Caracas, 28 mai (EFE)-. A Venezuela está vivendo em uma ditadura, já que todos os poderes estaduais são controlados pelo Executivo do presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou hoje à Agência Efe o prefeito metropolitano de Caracas, o opositor Antonio Ledezma.

EFE |

"Aqui, temos um Parlamento e um Poder Judiciário controlados totalmente pelo presidente Chávez, portanto estamos vivendo em uma ditadura", acusou o prefeito da capital venezuelana.

Ledezma fez as declarações pouco após participar da abertura do fórum "Encontro Internacional Democracia e Liberdade", que reúne intelectuais e políticos latino-americanos como Jorge Quiroga, ex-presidente da Bolívia, o escritor peruano Mario Vargas Llosa e o ex-chanceler mexicano Jorge Castañeda.

"Estamos a caminho de nos convertemos na segunda Cuba (...).

Chávez não escondeu, sendo Cuba o mar da felicidade e Fidel Castro, seu paradigma", afirmou Ledezma no hotel em Caracas onde acontece o fórum organizado pelo Centro de Divulgação do Conhecimento Econômico para a Liberdade (Cedice), que termina amanhã.

Além disso, o prefeito falou sobre o incidente com Vargas Llosa, que ficou retido durante 90 minutos na quarta ao chegar ao aeroporto de Caracas, e advertido de que, segundo disse, poderia ser expulso do país se fizesse declarações sobre a política venezuelana.

"Este é um Governo intolerante, incapaz de tolerar a dissidência e que criminaliza a oposição (...). Este é um fórum onde se debatem ideias e Vargas Llosa é um homem de ideias", disse.

Ledezma venceu as eleições regionais e municipais de novembro, mas denunciou que recentes decretos presidenciais, como a criação de um novo organismo de Caracas nomeado diretamente por Chávez, tentam diminuir as competências da Prefeitura da capital. EFE afs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG