Venezuela nacionaliza fabricantes de cimento da França e da Suíça

Caracas, 18 ago (EFE) - O Governo da Venezuela acertou hoje a compra e a venda da maioria de ações das empresas de produção de cimento francesa Lafarge e suíça Holcim, mas ainda não decidiu o caso da mexicana Cemex, anunciaram fontes governamentais.

EFE |

A filial venezuelana da mexicana Cemex será desapropriada pelo Governo do presidente Hugo Chávez se até a meia-noite se mantiver o fracasso em torno de sua compra e venda, confirmaram o vice-presidente, Ramón Carrizalez, e o ministro da Energia, Rafael Ramírez.

No caso da empresa francesa, foi acordada a compra de 89% de suas ações por US$ 552 milhões, e no da suíça, o pagamento de US$ 267 milhões por 85% do pacote acionário. EFE ar/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG