CARACAS (Reuters) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse que mandou interceptar nesta sexta-feira um avião de guerra dos Estados Unidos que violou o espaço aéreo de seu país. O mandatário afirmou que a aeronave P-3, procedente de Curaçao, entrou no espaço aéreo da Venezuela duas vezes.

"Estão lançando uma provocação (...) são aviões de guerra", disse Chávez em uma reunião com seus ministros.

(Reportagem de Patricia Rondón Espín)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.