Venezuela e Bolívia assinam acordos energéticos e econômicos

Barinas (Venezuela), 30 abr (EFE).- Os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Bolívia, Evo Morales, reforçaram hoje a aliança entre seus países com a assinatura de 15 acordos bilaterais, especialmente em matéria energética.

EFE |

Barinas (Venezuela), 30 abr (EFE).- Os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Bolívia, Evo Morales, reforçaram hoje a aliança entre seus países com a assinatura de 15 acordos bilaterais, especialmente em matéria energética. Ao término do segundo dia de visita de Morales ao estado venezuelano de Barinas, terra natal de Chávez, os dois líderes presidiram um ato no qual assinaram convênios para a criação de empresas binacionais e programas de cooperação em áreas econômicas, sociais, científicas e tecnológicas. Morales e Chávez assinaram o acordo marco para a "criação da Comissão de Integração Econômica Conjunta", que será liderada por ambos e que servirá para "elaborar o mapa de cooperação e desenvolvimento conjunto, estimulando relações que substituam a concepção de desenvolvimento neoliberal". O ato, no qual os demais acordos foram assinados por ministros dos dois países, foi realizado na sede em Barinas, a cerca de 520 quilômetros ao oeste de Caracas, da petrolífera estatal PDVSA. Entre as companhias binacionais cuja constituição foi estipulada pelos dois Governos, está uma entidade mista destinada a desenvolver projetos na área da industrialização do gás e dos hidrocarbonetos e outra para impulsionar o uso do gás como combustível para veículos e como energia doméstica. Entre os outros convênios e atas de compromisso figuram uma "aliança estratégica, científica, tecnológica, operária e financeira para o processamento do gás e a petroquímica" e a criação de uma empresa que "explore, transporte e armazene petróleo e gás". Os projetos também contemplam o "refino, armazenamento, distribuição, transporte e comercialização de hidrocarbonetos para abastecer o mercado boliviano e a exportação de excedentes aos países do Alba", a Aliança Bolivariana para as Américas da qual Venezuela e Bolívia fazem parte. EFE eb/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG