Venezuela confirma data de referendo sobre reeleição

Caracas, 16 jan (EFE).- A presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) venezuelano, Tibisay Lucena, anunciou hoje formalmente que o referendo sobre a emenda constitucional sobre a reeleição ilimitada ocorrerá no dia 15 de fevereiro.

EFE |

Hoje de manhã Lucena já tinha anunciado a data da consulta popular, depois que a governista Assembleia Nacional (AN) entregou a proposta de emenda, aprovada em 14 de janeiro pela Câmara e que deve ser submetida a referendo.

A direção do organismo eleitoral realizou nesta tarde uma sessão plena para a aprovação formal da data e das normas de publicidade e propaganda que regerão a campanha, que começa amanhã.

A presidente do Poder Eleitoral disse ainda que foi aprovada a ampliação do horário de votação até as 18h (20h30 de Brasília).

Até agora, os colégios eleitorais fechavam às 16h (18h30 de Brasília), mas deviam permanecer abertos se houvesse pessoas na fila para votar.

No dia 15 de fevereiro, 17 milhões de venezuelanos poderão dizer se aprovam ou não a possibilidade de reeleição ilimitada dos cargos eleitos pelo voto popular, projeto promovido pelo presidente Hugo Chávez para poder concorrer, em 2012, a um terceiro mandato. EFE eb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG