Venezuela celebra resgate e pede que Farc libertem todos os reféns

O governo venezuelano divulgou nesta quarta-feira um comunicado comemorando a libertação de 15 reféns pelas Farc, entre eles a franco-colombiana Ingrid Betancourt, e pediu à guerrilha que entregue todos os seqüestrados que ainda mantém em seu poder.

AFP |

O governo do presidente Hugo Chávez "se soma ao júbilo pelo feliz acontecimento da liberação da ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, 11 cidadãos colombianos e três cidadãos americanos que sofreram na própria carne as angústias da selva e a dureza do cativeiro", afirma o comunicado oficial recebido pela AFP.

"Nosso governo reitera a solicitação pública às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia para que liberem os seqüestrados que ainda mantêm em seu poder", continua o texto.

Segundo a rede de televisão estatal VTV, Chávez ligou nesta quarta-feira para o presidente colombiano, Alvaro Uribe, felicitando-o pela libertação dos reféns.

Apesar disso, Chávez ainda não se expressou publicamente sobre a questão.

bl/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG