Venezuela aprova lei que nacionaliza atividades petrolíferas

Caracas, 7 mai (EFE).- A Assembleia Nacional (AN) da Venezuela aprovou hoje em definitivo uma lei que passa ao controle do Estado atividades petrolíferas complementares que são exercidas por empresas privadas.

EFE |

Até então, o Governo venezuelano controlava apenas as atividades de prospecção e produção.

O Parlamento, cuja maioria apóia o presidente Hugo Chávez, aprovou também a desapropriação "total ou parcial das ações ou empresas" privadas de bens e serviços "essenciais para a indústria petrolífera".

Os nomes das empresas afetadas serão publicados nos próximos dias no Diário Oficial. Segundo o Governo, as companhias precisarão negociar as suas indenizações.

"Estamos renacionalizando atividades que pertenciam à nação e que foram privatizadas" em meados da década de 90, antes que Chávez assumisse o Governo, disse o ministro da Energia e Petróleo e presidente da estatal Petróleos de Venezuela S. A. (PDVSA), Rafael Ramírez. EFE ar/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG