Venezuela anuncia corte no número de vôos para os EUA

O governo da Venezuela anunciou nesta sexta-feira que vai cortar o número de vôos entre o país e os Estados Unidos a partir de 28 de setembro. A decisão foi tomada dias depois da Agência de Segurança e Transporte dos Estados Unidos (TSA, na sigla em inglês), avisar que não poderia garantir a segurança de vôos para aeroportos venezuelanos.

BBC Brasil |

O Instituto Nacional de Aviação Civil da Venezuela (INAC) emitiu uma nota oficial rechaçando a atitude dos americanos, na qual afirma que a jurisdição da TSA "se resume exclusivamente ao território dos EUA".

O presidente do INAC, José Martínez, afirmou que a medida anunciada nesta sexta-feira busca "corrigir o desequilíbrio em favor das empresas americanas", mas escreveu no comunicado enviado às empresas que "a TSA insiste em manter uma atitude de desprestígio" contra a Venezuela.

As empresas americanas American Airlines, Delta e Continental concentram 80% dos quase 90 vôos semanais entre ambos os países.

Falências

Já as empresas venezuelanas vêm sendo afetadas por problemas financeiros e perderam terreno, o que levou algumas à falência.

Empresas turísticas em Caracas afirmaram que as medidas do governo venezuelano podem levar a um aumento no preço das passagens aéreas.

"Os vôos para os EUA estão cheios até 17 de janeiro. Como vão cancelar essas reservas agora?", disse um porta-voz de uma agência de viagens da capital.

Esta é a segunda vez que Venezuela e Estados Unidos entram em rota de colisão por causa dos vôos entre os países.

Em 2006, o presidente Hugo Chávez ameaçou suspender os vôos de empresas americanas para o país, já que a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla americana) se recusava a subir a nota de segurança internacional do país.

O impasse foi resolvido com a reclassificação dos aeroportos - fato que, segundo fontes do setor, já teria sido decidido antes da medida de Chávez.

Leia mais sobre Venezuela  - EUA

    Leia tudo sobre: venezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG