Venezuela acusa Colômbia de sonegar dados sobre acordo militar

QUITO (Reuters) - A Venezuela acusou na terça-feira a Colômbia de sonegar informações sobre um acordo militar com os EUA, e prometeu por outro lado fornecer detalhes sobre sua negociação com a Rússia para a compra de armamentos, dois assuntos que despertaram preocupação internacional e que dominam uma reunião da Unasul. O vice-presidente venezuelano, Ramón Carrizález, disse que a recusa de Bogotá em informar sobre o uso de sete bases militares colombianas pelos EUA causa preocupação entre países da região e poderia frear acordos de transparência sobre políticas de segurança.

Reuters |

"Não vimos nem letras grandes nem letras pequenas, e isso naturalmente gera preocupação sobre as verdadeiras cláusulas desse acordo", disse ele a jornalistas que acompanham uma reunião de ministros de Defesa e Relações Exteriores da União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

"A Colômbia se nega a entregar a informação que daria uma linha de transparência e depois da transparência é que se podem gerar mecanismos de confiança", acrescentou.

De acordo com ele, o governo de Hugo Chávez não se furtará a entregar todos os detalhes do acordo recém-anunciado com a Rússia para a compra de 2,2 bilhões de dólares em armamentos.

"Não temos nenhum impedimento em mostrar à Unasul todos os detalhes, porque a confiança começa pela transparência", reiterou.

Chávez anunciou no fim de semana a obtenção de um empréstimo russo para a aquisição de 92 tanques T-72 e do sofisticado sistema antimísseis S-300.

Carrizález informou que o financiamento seria por sete ou oito anos, mas não deu mais detalhes.

"O armamentismo é um argumento que se quer colocar para contrapor isso (a negativa da Colômbia). Os países perante uma ameaça, como nos sentimos ameaçados, temos a obrigação constitucional de nos defender", disse o vice de Chávez.

Os EUA manifestaram na terça-feira preocupação com o acordo militar Rússia-Venezuela, dizendo que ele poderia provocar uma corrida armamentista na região.

(Reportagem de José Llangarí; Escrito por Alexandra Valencia)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG