Veneza tem sua primeira gondoleira

VENEZA - Nove séculos de monopólio masculino nos canais de Veneza tiveram fim nesta sexta-feira quando a primeira mulher passou no árduo teste para tornar-se gondoleira trainee. Giorgia Boscolo, de 23 anos e filha de um gondoleiro, teve a pontuação mais baixa entre os que conseguiram uma das 22 vagas em disputa e duas outras candidatas foram reprovadas. Giorgia agora tem autorização para transportar passageiros em sua gôndola enquanto completa o treinamento.

Reuters |

EFE
Giorgia remava com o pai, gondoleiro
"Sempre fui apaixonada por gôndolas, ao contrário de minhas três irmãs, e eu costumava preferir remar com meu pai do que sair com meus amigos", contou Giorgia à agência italiana de notícias Ansa.

O pai dela, Dante, disse que o serviço de gondoleiro "requer bastante força física, mas com experiência demanda menos esforço. E minha filha tem bastante experiência".

Os barcos de fundo achatado são movidos por um remador que fica de pé. Nos dias de hoje são usados para levar turistas em passeios românticos pela cidade. Para entrar na corporação dos gondoleiros, os candidatos também têm de demonstrar conhecimento da história de Veneza.



Leia mais sobre Veneza

    Leia tudo sobre: gôndolaitáliaveneza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG