Vendavais deixam 1 milhão de famílias sem luz na França

Paris, 24 jan (EFE).- Os fortes ventos que atingem a França deixaram um milhão de famílias sem luz no sudoeste do país e obrigaram as autoridades a decretar alerta vermelho em sete departamentos e a fechar os aeroportos de Bordeaux e Toulouse, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Mais de mil agentes da Rede de Distribuição de Eletrecidade da França (ERDF, na sigla em francês) foram mobilizados para restabelecer o fornecimento de energia o mais rápido possível.

A ERDF, que disse que reforços suplementares são esperados para as próximas horas, avisou que "os cabos elétricos caídos no chão são perigosos" e não devem ser tocados "em hipótese alguma".

Por causa dos vendavais, outros 27 departamentos encontram-se em "alerta laranja" desde ontem.

Em Aude, onde os ventos devem chegar a 150 km/h, foi proibido o tráfego de veículos, exceto os de socorro, em casos de extrema urgência.

As autoridades prevêem que os alertas só poderão ser suspensos a partir da tarde de domingo.

Em Bordeaux, onde os ventos chegaram a 147 km/h e a previsão é de que o tempo piore, os bombeiros tiveram trabalho na noite de ontem.

Por sua vez, a companhia nacional de ferrovias (SNCF) informou que, devido à queda de várias árvores sobre a linha férrea, nenhum trem circulará ao sul de Bordeaux ao longo da manhã deste sábado.

Até o momento, os ventos fortes não fizeram nenhuma vítima no país. EFE jaf/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG