Vencedor do Nobel diz que só o dalai lama pode enfrentar a China

Barcelona, 30 abr (EFE).- A guatemalteca Rigoberta Menchú, vencedora do prêmio Nobel da Paz em 1992, afirmou nesta quarta que a única autoridade capaz de enfrentar a China é o Dalai Lama e lamentou a situação difícil do povo tibetano.

EFE |

Durante uma entrevista coletiva, Menchú afirmou que a China é um "império muito forte e perigoso de atacar" e que é normal que os Governos não se enfrentem. Afinal, "90% dos produtos que consumimos são chineses".

Além disso, a vencedora do Nobel lamentou que os meios de comunicação tenham em suas mãos o poder de divulgação dos "conflitos e sofrimento do povo" e que não existam outras formas de conscientização.

    Leia tudo sobre: chinatibete

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG