Veja a lista de criminosos que valem recompensas milionárias

Nesta quinta, governo sérvio ofereceu recompensa de R$ 23,8 milhões por informações que levem à prisão de Ratko Mladic

iG São Paulo |

© AP
Cachorro passa por muro com ilustração de Ratko Mladic em Belgrado, na Sérvia
A Sérvia ofereceu nesta quinta-feira uma recompensa de 10 milhões de euros (R$ 23,8 milhões) por informações que levem à captura de Ratko Mladic, o suspeito de crimes de guerra mais procurado dos Bálcãs, cuja prisão é uma condição para o país ingressar na União Europeia. Mladic foi indiciado pela eliminação de quase 8 mil muçulmanos no massacre de Srebenica, em 1995.

Também acusado pelo massacre, o ex-líder político sérvio Radovan Karadzic foi preso em 2008. O governo americano chegou a oferecer US$ 5 milhões (R$ 8,5 milhões) por informações sobre Karadzic - recompensa que, oficialmente, nunca foi paga. 

Em 2003, os EUA ofereceram uma recompensa de US$ 25 milhões (R$ 42,7 milhões) por informações que levassem à prisão de Saddam Hussein, deposto da presidência iraquiana após a invasão americana. Saddam ficou desaparecido entre abril e setembro, quando foi encontrado em um buraco. Oficialmente, ninguém recebeu a recompensa. Porém, US$ 30 milhões (R$ 51,3 milhões) foram pagos a um informante que levou à prisão dos filhos de Saddam, Uday e Qusai.

Oferecer recompensas por informações que levem à prisão de criminosos é uma prática utilizada pelo FBI, a polícia federal americana, que tem valores definidos para seus "dez mais procurados". Veja quem são eles e quanto eles valem:

undefined
Líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, encabeça o ranking de recompensas do FBI
1. Osama Bin Laden: US$ 25 milhões

O líder da Al-Qaeda encabeça o ranking de recompensas do FBI. Além dos US$ 25 milhões (R$ 42,7 milhões) oferecidos pelo Departamento de Estado americano por informações que levem diretamente à prisão de Bin Laden, outros US$ 2 milhões (R$ 3,4 milhões) são oferecidos pela Associação dos Pilotos de Avião e pela Associação do Transporte Aéreo.

2. James J. Bulger: US$ 2 milhões

Bulger é procurado por 19 assassinatos cometidos entre o início dos anos 70 e meados da década de 80. Na época, Bulger teria atuado como líder de uma quadrilha ligada à extorsão, drogas, entre outras atividades ilegais que atuava em Boston, Massachusetts. A quantia oferecida por pistas que levem à sua prisão é de US$ 2 milhões (R$ 3,4 milhões).

3. Victor Manuel Gerena: US$ 1 milhão

Ele é acusado de ter roubado cerca de US$ 7 milhões (R$ 11,9 milhões) de uma companhia de segurança de Connecticut em 1983. Autoridades oferecem recompensa de US$ 1 milhão (R$ 1,7 milhão).

Para os outros sete procurados da lista dos "dez mais", a recompensa é de US$ 100 mil (R$ 171 mil).

Veja quem são eles:

- Alexis Flores : acusado de sequestrar e matar uma menina de cinco anos em Filadélfia, na Pensilvânia.

- Eduardo Ravelo : indiciado em 2008 por envolvimento em lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.

- Jason Derek Brown : acusado de assassinato e assalto à mão armada em Phoenix, no Arizona.

- Joe Luis Saenz : acusado de ter assassinado quatro pessoas, inclusive sua namorada, entre 1998 e 2008.

- Glen Stewart Godwin : procurado por fugir em 1987 de uma prisão na Califórnia em 1987, onde estava preso por assassinato.

- Robert William Fisher : acusado de matar a mulher e os dois filhos, além de explodir a casa em que moravam em Scottsdale, no Arizona, em 2001.

- Semion Mogilevich : acusado de ter participação em fraude que fez investidores perder cerca de US$ 150 milhões (R$ 256, 5 milhões) entre 1993 e 1998.

    Leia tudo sobre: ratko mladicsérviabin ladenfbirecompensa milionária

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG