Veículo da Polícia é atacado com pedras em Atenas

Atenas, 26 dez (EFE).- Um grupo de radicais apedrejou hoje um veículo da Polícia em frente a um hospital de Atenas em que está hospitalizada uma sindicalista que sofreu um atentado esta semana.

EFE |

A Polícia informou que cerca de 80 ativistas se encontravam reunidos nos arredores do Hospital Evangelismos no centro da cidade, em solidariedade com Constantina Kuneva, presidente de um sindicato e que na segunda-feira passada foi vítima de um ataque com ácido, lançado em seu rosto por dois desconhecidos.

Nenhum dos policiais que se encontrava no carro ficou ferido, embora vidros tenham sido quebrados.

Os manifestantes levavam cartazes que diziam "Constantina não está só. Abaixo com o terrorismo dos patrões".

Segundo testemunharam os colegas de Kuneva, a vítima tinha recebido ameaças anônimas por suas atividades sindicalistas e denúncias por parte da companhia em que trabalha como faxineira.

Por outro lado, desconhecidos incendiaram nesta madrugada com panos borrifados com gasolina o carro do vice-ministro de Obras Públicas, Stavros Kaloyanis, na cidade de Ioanina (norte).

A Grécia registra grandes manifestações e atos de violência isolados desde 6 de dezembro, data na qual um adolescente morreu devido a disparos de um policial. EFE afb/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG