Um vazamento de petróleo perto da Ilha de Sakhalin, leste da Rússia, matou centenas de aves em uma zona onde há uma fauna de importância internacional, informaram nesta segunda-feira as agências russas.

"Centenas de aves morreram, entre elas patos", indicou a agência de notícias Ria Novosti, citando Vladimir Bardin, uma autoridade local.

"Há três quilômetros da costa repletos de aves presas no petróleo. A população local está lavando as aves que ainda estão vivas para tentar salvá-las", acrescentou.

Este vazamento aconteceu a 6km de uma grande refinaria de gás liquefeito que está construindo um consórcio internacional para explorar as reservas de Sakhalin-2.

Bardin acredita que este vazamento procedia de um navio cargueiro com petróleo que chegou a esta refinaria domingo. Segundo ele, a direção do vento prova que o petróleo veio dessa instalação.

No entanto, um porta-voz da Energia Sakhalin, o operador do projeto, disse que "não houve nenhuma incidente relacionado com o vazamento de produtos derivados do petróleo na Baía Aniva", segundo a Ria Novosty.

sjw/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.