Vaticano nega veto a Caroline Kennedy a cargo de embaixadora

O Vaticano afirmou nesta quarta-feira que ainda não recebeu a lista de candidatos ao cargo de embaixador dos Estados Unidos na Santa Sé e negou ter vetado a candidatura de Caroline Kennedy ao cargo.

AFP |

"Não recebemos candidatos ao cargo de novo embaixador dos Estados Unidos na Santa Sé e, portanto, não é correto que ela tenha sido rejeitada", declarouo padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano.

Segundo a imprensa, principalmente a americana, o Vaticano teria descartado recentemente três candidatos que o presidente Barack Obama queria propor como possíveis embaixadores.

Entre os candidatos citados figurava Caroline Kennedy, filha do presidente John Kennedy, assassinado em 1963 e firme defensora do direito ao aborto.

Ela defende ainda as pesquisas com células-tronco, assim como o presidente Obama. Os dois temas provocaram divergências entre a Igreja Católica e o novo governo americano.

Fontes diplomáticas explicaram que o não do Vaticano nunca é algo oficial e direto, a Santa Sé apenas se limita a não conceder o placet, ou seja, a aprovação da chancelaria vaticana.

kv/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG