Vaticano nega que Bento XVI tenha sido das juventudes hitleristas

O Papa Bento XVI nunca fez parte das juventudes hitleristas, afirmou nesta terça-feira o padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, desmentindo informações da imprensa israelense.

AFP |

"Desejo esclarecer as mentiras publicadas pela imprensa israelense e, inclusive, internacional. O Papa nunca esteve nas juventudes hitleristas", afirmou Lombardi.

O porta-voz do Papa explicou que o Pontífice alemão, de 82 anos, foi "envolvido contra sua vontade como auxiliar da defesa antiaérea para a defesa das cidades e que nunca esteve nesse movimento juvenil educado ideologicamente no nazismo", acrescentou.

"Tudo está em sua autobiografia", declarou.

Lombardi destacou que o então Joseph Ratzinger "tinha apenas 16 anos e que voltou ao seminário depois de ter permanecido um breve período detido pelos americanos depois da guerra".

kv/lm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG