CIDADE DO VATICANO - A morte do patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Alexei II, causou dor e tristeza no Vaticano, informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais da Santa Sé, que precisaram que, nas próximas horas, será divulgado um comunicado e os pêsames do papa Bento XVI.

À espera desse comunicado oficial, o secretário do Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos, Brian Farrell, afirmou hoje que Alexei II dirigiu a Igreja Ortodoxa Russa em um período de grandes mudanças, e soube fazer isso com "com senso de responsabilidade e amor à tradição russa".

Alexei II morreu hoje aos 79 anos. Patriarca da Igreja Ortodoxa Russa desde 1990, nos últimos anos vinha sofrendo problemas de saúde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.