Vaticano diz que ataque israelense afasta esperanças de paz no O. Médio

Cidade do Vaticano, 27 dez (EFE).- O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, afirmou hoje que o bombardeio que o Exército de Israel realizou na Faixa de Gaza, e que deixou pelo menos 160 mortos, afastará de novo as esperanças de paz para a região.

EFE |

Após a ação militar israelense, "o ódio crescerá ainda mais e as esperanças de paz voltarão a se afastar", disse Lombardi à "Rádio Vaticano".

"Certamente, será um golpe duríssimo para o Hamas. Ao mesmo tempo, é bastante provável que não faltem vítimas inocentes, e que estas sejam muitas", acrescentou.

Lombardi disse que a ação militar de Israel, apesar de prevista, "impressiona por suas dimensões", e que terá péssimas conseqüências.

Pelo menos 160 pessoas morreram e centenas ficaram feridas hoje no bombardeio realizado pelo Exército de Israel em Gaza.

O Estado judeu alega que o atentado foi uma resposta aos ataques contra povoações israelenses cometidos nos últimos dias pelo movimento islâmico Hamas, que controla a Faixa. EFE mcs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG