Vaticano diz que acusar Igreja por pedofilia deturpa a realidade

CIDADE DO VATICANO - O Vaticano disse nesta terça-feira que a pedofilia é corrente em vários setores da sociedade e acusar apenas a Igreja Católica dessa prática é deturpar a realidade. Concentrar os abusos apenas na Igreja leva a uma deturpação da visão, disse o porta-voz Vaticano, Federico Lombardi, em declarações à Rádio Vaticano.

iG São Paulo |

Lombardi afirmou que, "certamente", a Igreja está disposta a participar das iniciativas dos Estados para fazer frente a esses casos e impedir que eles voltem a se repetir.

Além de destacar que a Igreja Católica assume sua "responsabilidade", Lombardi reiterou a importância de a proteção à infância e à adolescência serem reforçadas na Igreja e na sociedade.

O porta-voz do Vaticano também defendeu o comportamento das autoridades eclesiásticas dos países onde explodiram graves escândalos de abusos de menores por parte de religiosos nos últimos meses, entre eles Alemanha, Irlanda, Holanda e Áustria.

Para o porta-voz da Santa Sé, "as reuniões episcopais feitas pelos países envolvidos demonstraram que eles abordaram o problema com transparência e, em alguns casos, aceleraram a revelação do caso, convidando as vítimas a falar ainda que já houvesse transcorrido muito tempo", disse.

O governo alemão criticou na segunda-feira o papel da Igreja Católica nos escândalos de abusos sexuais que vieram à tona recentemente na Alemanha, nos quais também está envolvido um coral dirigido pelo irmão do papa Bento XVI.

A ministra de Justiça da Alemanha, Sabine Leutheusser-Schnarrenberger, repreendeu na segunda-feira o Vaticano, que duficultou as investigações sobre abusos sexuais em colégios católicos, onde reinava "um muro de silêncio".

*Com informações da EFE a AFP

    Leia tudo sobre: igreja católicapedofiliavaticano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG