Os atentados que deixaram cerca de 100 vítimas na quarta-feira em Mumbai foram trágicos e aterrorizantes, declarou na manhã desta quinta-feira o porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi.

"Os tiroteios e as explosões em série cometidos contra grandes hotéis da cidade abalaram toda a comunidade internacional", declarou à imprensa italiana.

Mais de 100 pessoas morreram nos atentados, entre elas um italiano, segundo fontes oficiais em Roma. Entre os feridos, foram identificados dois espanhóis, disse por sua vez o ministro espanhol do Interior, Alfredo Pérez Rubalcaba.

Os atentados foram assumidos por um grupo islamita até agora desconhecido que se apresentou como os Mudjahedines de Deccan (meseta do centro da Índia).

phz/lm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.