Vaticano abandona a ideia de acolher estátua de Galileu

O Vaticano anunciou nesta quinta-feira que abandonou a ideia de acolher nos arredores do pequeno Estado pontifício uma estátua de Galileu, o astrônomo reabilitado no século XX pela Igreja Católica mais de 300 anos após seu julgamento.

AFP |

"O Conselho pontifício para a cultura lançou em março a ideia de uma estátua para prestar homenagem ao famoso astrônomo (1564-1642) perseguido no seu tempo pela Inquisição, mas finalmente isto não será feito", declarou seu presidente Gianfranco Ravasi.

Monsenhor Ravasi foi questionado sobre o assunto durante entrevista à imprensa sobre um congresso internacional sobre Galileu que será organizado de 26 a 30 de maio em Florença (centro da Itália) por uma instituição jesuíta com apoio do Vaticano.

Esta manifestação coincide com o ano internacional da astronomia proclamado pela ONU para comemorar a primeira utilização do telescópio pelo grande cientista florentino, defensor da teoria heliocêntrica do universo.

"Apesar da existência de um patrocinador e a realização de uma maquete, a estátua não será construída, pelo menos por enquanto, porque preferimos sugerir ao patrocinador que financie instituições que se dedicam à filosofia e à ciência na África", disse monsenhor Ravasi.

nou/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG