O escritor peruano Mario Vargas Llosa disse nesta quarta-feira que a sentença de 25 anos de prisão contra o ex-presidente Alberto Fujimori é uma vacina contra os aspirantes a ditadores, atuais e futuros, e chamou a América Latina a comemorar.

"A sentença é impecável e deve ser aplaudida por todos os democratas", comentou o escritor, em entrevista publicada nesta quarta-feira no jornal peruano La República, destacando que a América Latina "tem que comemorar este fato".

A decisão judicial que condenou Fujimori "servirá de vacina contra futuros ditadores e golpes de Estado; toda a América Latina tem que celebrar este fato, porque ele vai nos defender contra essa epidemia da qual padecemos ao longo de nossa história que é o autoritarismo, as ditaduras, os caudilhos", acrescentou Vargas Llosa.

Os escritor elogiou ainda a atuação do Poder Judiciário do Peru, afirmando que, durante o governo do ex-presidente condenado, a justiça "era um puro instrumento do senhor Fujimori e de seu ex-assessor (Vladimiro) Montesinos".

rm/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.