Vala comum com vítimas da matança de Srebrenica é exumada

Especialistas forenses exumaram uma vala comum com restos de dezenas de vítimas da matança de Srebrenica, no leste da Bósnia, onde 8.000 muçulmanos foram mortos no final da guerra da Bósnia (1992-95), informou nesta segunda-feira a Comissão Bósnia para os Desaparecidos.

AFP |

Esta é a décima vala encontrada nos últimos tempos na região de Kamenica.

As valas, denominadas "secundárias", são aquelas em que as vítimas foram enterradas depois de terem sido retiradas de uma vala principal com o objetivo de dissimular a magnitude dos crimes.

Mais de 3.200 vítimas identificadas na matança de Srebrenica, que a Corte Internacional de Justiça classifica de genocídio, foram enterradas no memorial localizado perto da cidade.

Um dos supostos autores da matança, o ex-chefe político dos sérvios-bósnios, Radovan Karadzic, foi detido em julho em Belgrado; seu ex-chefe militar, Ratko Mladic, continua foragido.

sar/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG