Vaga de zumbi atrai 200 pessoas em Londres

Londres, 28 jul (EFE).- A crise afetou tanto o mercado de trabalho do Reino Unido que qualquer vaga passou a ser disputada com afinco no país, como no caso da oferta para se transformar em um morto-vivo, um emprego pouco convencional, mas que atraiu 200 pessoas em Londres.

EFE |

O posto de trabalho foi criado pela London Bridge, uma das principais atrações turísticas da capital britânica que procura agora "zumbis...vivos ou mortos".

O salário é de 30 mil libras anuais - 34.500 euros, um pouco abaixo do salário médio no Reino Unido- e o eleito passará os dias "assustando os visitantes" nas "horríveis catacumbas" que há debaixo da ponte, segundo o anúncio publicado pela London Bridge.

A atração turística é a que mais zumbis emprega em toda a cidade -dúzias-, mas em convocações anteriores só tinha conseguido atrair 50 candidatos em média, um quarto dos interessados agora.

O responsável da contratação deste novo morto-vivo, James Kislingbury, explicou ao "Evening Standard" que os candidatos devem "ser extrovertidos, ter vontade de divertir as pessoas e estar em forma".

Esta última condição é exigida porque os zumbis da London Bridge têm que "perseguir as pessoas por aí, às vezes com uma moto-serra", o que obriga a cumprir certos requisitos físicos básicos.

Kislingbury destacou que apesar do que possa parecer, os atores profissionais não têm por que ser os melhores zumbis, já que "estão mais acostumados a recitar suas falas ao público do que a interagir com o público e assustá-lo o máximo possível". EFE otp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG