Vacinar crianças em idade escolar e seus pais é a melhor arma contra gripe suína

Vacinar crianças em idade escolar e seus pais é a medida mais eficaz e econômica para limitar a propagação da gripe suína, de acordo com um modelo matemático desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Clemson (Estados Unidos).

AFP |

"As atuais recomendações para a vacinação contra a gripe sazonal (nos Estados Unidos) inclui crianças menores de cinco anos e as pessoas com mais de 50 anos", observa Jan Medlock, matemático e um dos co-autores deste trabalho publicado na revista Science que será publicado nesta sexta-feira.

"A vacina seria melhor utilizada para prevenir a propagação da gripe se fosse usada em escolas, entre as crianças, que acabam contaminando seus pais, que espalham o vírus para o resto da população", acrescenta.

Na comparação teórica com pandemias de 1918 e 1957, esses pesquisadores concluíram que uma epidemia poderia ser interrompida com a distribuição de apenas 63 milhões de doses de vacinas prioritárias para crianças de 5 a 19 anos, responsável pela a maior parte do contágio, e adultos de 30 a 39 anos, principalmente aqueles que têm contato de crianças infectadas.

Por ano, os Estados Unidos utilizam mais de 80 milhões de doses de vacinas contra a gripe.

Os pesquisadores salientam que a gripe espanhola de 1918, foi particularmente mortal para os jovens adultos, enquanto a gripe asiática de 1957, muito menos mortal, matou mais as crianças e as gerações mais velhas.

Tal abordagem de vacinação permitiria proteger melhor o resto da população, reduzindo a taxa de infecção e de mortalidade, bem como o custo econômico da doença, asseguram estes pesquisadores investigadores.

js/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG