Vacina que reduz contágio da aids em 31% é apresentada por cientistas

Bangcoc - Um grupo de cientistas dos Estados Unidos e Tailândia apresentou nesta quinta-feira em Bangcoc uma vacina que reduz o risco de contágio da aids em 31,2% após haver realizado testes em 16 mil voluntários, no que supõe a primeira vez que se consegue frear a doença com este tipo de remédios.

EFE |

"Estes resultados indicam que a consecução de uma vacina para frear a aids eficaz e segura é possível", destacou o coronel Nelson Michael, diretor da divisão de Retrovirologia do Instituto de Pesquisa do Exército Walter Reed dos Estados Unidos.

O resultado foi anunciado na capital tailandesa por membros do grupo que colabora na pesquisa: o Exército dos EUA, o Ministério da Saúde da Tailândia, o Instituto Fauci, Sanofi-Pasteur e Global Solutions for Infectious Diseases.

O doutor Anthony Fauci disse que ainda não é momento de euforia, mas "não existe qualquer dúvida que é um resultado muito importante".

Leais mais sobre: aids

    Leia tudo sobre: aidseuatailândia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG