Vacina contra Gripe A: enfermos, grávidas e pessoal médico serão prioridade (UE)

As pessoas com mais de 6 meses de doenças consideradas crônicas, as grávidas e o pessoal de saúde são os grupos que devem receber com prioridade a vacina contra o vírus A(H1N1), segundo posição comum adotada nesta terça-feira por especialistas de 27 países da UE.

AFP |

Um comunicado sobre o assunto foi divulgado pela Comissão Europeia, tendo como base "os testes científicos atuais" recomendados pelo Comitê de Segurança Sanitária da UE.

Segundo o Comitê, integrado por especialistas dos 27 países da UE, o grupo prioritário de enfermos se refere, entre outros, aos que sofrem de males crônicos cardiovasculares ou respiratórios e a pessoas com deficiência imunológica congênita ou adquirida, "começando pelos alquebrados com sintomas mais severos".

No entanto, os técnicos destacam a "responsabilidade e a autoridade de cada Estado membro para desenvolver uma estratégia de vacinação contra o vírus H1N1", pelo que sua recomendação não se converterá em norma de cumprimento obrigatório.

cm/siu/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG