Cerca de 2,5 milhões de eleitores uruguaios deverão ir às urnas, neste domingo, para eleger o novo presidente do país. Diferentes pesquisas de opinião indicaram que o candidato do governo, o ex-guerrilheiro na ditadura e ex-ministro da Agricultura na atual gestão, José Pepe Mujica, teria entre 46% e 49% das intenções de votos, enquanto seu principal opositor, o ex-presidente Luis Alberto Lacalle, teria entre 27% e 32%.

Analistas políticos ouvidos pela BBC Brasil ressaltaram que a votação dos indecisos será decisiva para definir se haverá um segundo turno, no dia 29 de novembro. De acordo com os levantamentos, o total de indecisos seria de cerca de 9%.

"Tudo indica que haverá segundo turno. Mas vamos esperar o resultado das urnas", disse Miguel Serna, professor de ciências sociais da Universidade da República, de Montevidéu.

"Dificilmente não haverá segundo turno. As pesquisas foram quase unânimes em mostrar que nenhum candidato alcançaria os mais de 50% da votação, necessários para uma vitória neste domingo", afirmou Antonio Cardarello, professor de ciências políticas da mesma instituição.

Uruguaios no exterior
Neste fim de semana, mais de 20 mil eleitores uruguaios, residentes na Argentina, atravessaram a fronteira, em barcos comerciais, ônibus e carros, para votar.

Dados oficiais apontam que 500 mil uruguaios moram no exterior. Segundo a imprensa uruguaia, este ano, a chegada dos emigrantes para a eleição superaria o desembarque registrado no último pleito, em 2004.

Naquela ocasião, os votos dos emigrantes teriam contribuído para a eleição do atual presidente Tabaré Vázquez, da Frente Ampla.

Foi a primeira eleição, na história do país, que um presidente não era do Partido Nacional (Blanco) ou Partido Colorado - legendas que se alternaram no poder durante mais de 170 anos.

Vázquez termina o mandato com cerca de 60% de apoio popular. Numa recente entrevista à BBC Brasil, Mujica, da Frente Ampla, disse que pretende "dar continuidade" e "aprofundar" medidas adotadas pelo atual presidente.

"Ampliaria, por exemplo, a reforma tributária e a distribuição de laptops para os alunos do ensino médio. Meu desejo é que o Uruguai, que é um país pequeno, seja um país com muitos nichos de excelência e com altos índices de especialização", afirmou.

A distribuição de mais de trezentos mil laptops para crianças do ensino fundamental foi uma das promessas cumpridas de Tabaré Vázquez, de acordo com políticos da situação e da oposição.

Mujica defendeu ainda maior integração entre os países do Mercosul, não "limitando o bloco" às questões comerciais, mas com o livre trânsito de todos na região.

Oposição
Já o candidato da oposição, Luis Alberto Lacalle, em diferentes entrevistas defendeu maior abertura da economia uruguaia, com livre comércio com Estados Unidos, entre outros países.

O ex-presidente, que governou o país entre 1990 e 1995, afirmou à rádio Expectador que "melhor seria" um Mercosul com menos instituições e mais comércio.

Apesar das diferentes visões, economistas uruguaios não acreditam em mudanças na economia deste país de pouco mais de 3 milhões de habitantes.

Nos últimos anos, o país bateu recordes de exportação de carne e de grãos e registrou expansão da sua economia. O Produto Interno Bruto (PIB) do Uruguai é de US$ 32,2 bilhões, o desemprego é de cerca de 7% e a inflação em torno dos 7%, segundo dados oficiais.

O novo presidente do país assumirá o cargo no dia 1º de março do ano que vem para um mandato de cinco anos. Neste domingo, os uruguaios elegem ainda senadores e deputados e votam em dois plebiscitos.

O primeiro, para anular, ou não, a lei de anistia ("caducidad") que beneficiou militares e policiais acusados de crimes na ditadura (1973-1985), e outro para aceitar ou rejeitar o chamado "voto epistolar", que permitirá o voto, pelo correio, dos uruguaios residentes no exterior.

Também disputa a presidência do país o candidato Pedro Bordaberry, do Partido Colorado, filho de Juan Bordaberry, que liderou um golpe civil militar, no início dos anos 70 e está preso. Pedro Bordaberry aparece em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de votos. Os outros candidatos são Pablo Mieres, do Partido Independente, e Raúl Rodríguez, da Assembleia Popular.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.