Uruguai: Fim do embargo dos EUA a Cuba abriria nova etapa com A.Latina

Santiago do Chile, 10 mar (EFE).- O Uruguai respalda o fim da política de isolamento dos Estados Unidos em direção a Cuba, já que, para o país, isso facilitaria as relações com todas as outras nações latino-americanas, afirmou hoje o ministro da Defesa uruguaio, José Bayardi.

EFE |

Se os EUA mudassem de posição em relação à ilha, "facilitariam o conjunto das relações na América Latina", afirmou o ministro, após a constituição, em Santiago do Chile, do Conselho de Defesa Sul-americano (CDS), um órgão da União de Nações Sul-americanas (Unasul).

O ministro respaldou a postura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que defende que o Governo americano levante o embargo econômico sobre Cuba para iniciar um novo tipo de relação com a América Latina.

"Os latino-americanos têm laços de irmandade muito fortes e muito firmes sobre Cuba, e nossa tendência (no Uruguai) sempre foi nos posicionar contra o bloqueio", disse Bayardi, que esclareceu, no entanto, que este assunto não será analisado hoje na declaração final do CDS. EFE frf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG