Uruguai diz que não cederá base na Antártida à Venezuela

Montevidéu, 27 nov (EFE).- O ministro das Relações Exteriores uruguaio, Gonzalo Fernández, afirmou hoje que nenhuma das duas bases que seu país possui na Antártida será cedida à Venezuela, como disse há poucos dias o embaixador Gerónimo Cardozo, informou a imprensa local.

EFE |

O chanceler disse que não está em pauta que a Venezuela tome posse de uma das duas bases uruguaias, nem que exista uma participação conjunta entre os dois países na zona.

Segundo a emissora "El Espectador", de Montevidéu, o deputado do Partido Nacional Javier García, principal da oposição, expressou sua conformidade com as declarações do chanceler.

"Nos dá muita tranqüilidade a afirmação do ministro das Relações Exteriores porque ele é a voz do Governo oficial", disse García.

No entanto, o deputado admitiu que se preocupa com o fato de o embaixador na Venezuela "ter feito declarações públicas há poucas horas atrás dizendo que cederia uma das bases uruguaias na Antártida".

O ministro explicou que nos próximos meses a embarcação Oyarvide, da Armada do Uruguai, levará cientistas da Venezuela e de outros países à Antártida, mas que a responsabilidade de toda a operação é do Ministério da Defesa. EFE apl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG