Uruguai descarta registro de gripe suína em seu território

Montevidéu, 29 abr (EFE).- A ministra da Saúde Pública do Uruguai, María Julia Muñoz, descartou hoje que haja casos de gripe suína no país, depois de análises realizadas em um único paciente suspeito de ter contraído a doença terem dado negativo.

EFE |

Em coletiva de imprensa, a ministra destacou que atualmente 40 pessoas que chegaram ao país procedentes do México estão sob acompanhamento médico, com o objetivo de atuar imediatamente caso sintomas do vírus sejam detectados.

Apesar de não registrar nenhum caso de infecção, María Julia reiterou que o país manterá o estado de alerta e a monitoração como medidas de precaução.

Além disso, a ministra anunciou a criação de um comitê técnico e operacional para acompanhar possíveis casos da doença no Uruguai. E também recomendou aos cidadãos que se vacinem contra a gripe comum, apesar de ter esclarecido que isso não imuniza ninguém contra o vírus da gripe suína.

Os infectados pelo vírus A/H1N1 apresentam sintomas como aumento repentino da temperatura corporal, tosse, coriza, intensas dores musculares e nas articulações, irritação nos olhos e dor de cabeça.

EFE amr/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG