Uruguai declara alerta sanitário contra gripe suína

Montevidéu, 27 abr (EFE).- O Ministério da Saúde do Uruguai ativou hoje um plano de contingência sanitária no aeroporto internacional de Carrasco para tentar prevenir a possível entrada da gripe suína no país.

EFE |

O plano contempla o reforço da guarda sanitária no aeroporto internacional e a capacidade para colocar em quarentena as pessoas que apresentem sintomas da doença e chegarem ao país, informou o Ministério da Saúde uruguaio.

O Ministério da Saúde ordenou a introdução de controles nesse aeroporto dos arredores de Montevidéu, o principal do país, com formulários para determinar se os usuários do terminal vêm de zonas afetadas por essa variedade de gripe.

Além disso, a ministra da Saúde Pública uruguaia, María Julia Muñoz, pediu que a população se vacine contra a gripe e disse que, embora não seja a mesma doença que está causando estragos no México, essa medida pode ajudar na prevenção.

Após a realização do Conselho de Ministros desta segunda-feira, Muñoz informou à imprensa que foram compradas 100 mil vacinas extras e há a mesma quantidade em reserva.

A ministra da Educação e Cultura uruguaia, María Simón, disse, após a reunião do Gabinete, que as autoridades de sua pasta também estão em alerta e está sendo avaliada a vacinação de todo o pessoal docente, além das crianças.

Embora não haja vacinas contra a gripe suína, o diretor de Saúde uruguaio, Jorge Basso, recomendou a vacinação contra a variedade sazonal da doença, para fortalecer as defesas da população. EFE jas/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG