Urso Knut é motivo de disputa entre zoológicos alemães

BERLIM - Knut, o urso polar mais famoso do mundo, transformou-se, graças a sua popularidade, no pomo da discórdia entre dois zoológicos alemães, o de Berlim, onde nasceu e vive, e o de Neumünster, que tem os direitos sobre ele e agora reivindica parte da fortuna que gerou a fama do animal.

EFE |

A Justiça de Berlim fracassou nesta terça-feira em sua tentativa de conseguir um acordo amistoso entre os dois zoológicos, que optaram por seguir adiante com a disputa por Knut.


Urso Knut é o motivo de discórdia entre dois zoológicos da Alemanha / AP

O zoo de Berlim, que teria lucrado 6 milhões de euros desde que Knut nasceu, há dois anos e meio, recusou-se hoje a pagar ao de Neumünsteros 700 mil euros propostos pelo tribunal como acordo amistoso. Segundo a Justiça, o zoológico berlinense ofereceu pagar 350 mil euros e "nem um centavo a mais".

Agora, os dois parques terão dois meses para continuar negociando um eventual acordo.

O zoológico de Neumünster tinha apresentado o processo para obrigar o parque de Berlim a publicar o valor da receita obtida com a popularidade de Knut, para poder exigir sua parte.

O zoo de Neumünster tem direitos adquiridos sobre Knut porque o pai dele, Lars, foi cedido a Berlim, em troca de obter os direitos sobre toda a descendência ímpar do urso, ou seja, o primeiro, terceiro, quinto, e assim sucessivamente, filhos que ele tivesse com alguma das ursas do parque da capital.

O zoológico de Berlim obteve os direitos sobre a descendência par de Lars.

Até agora, o zoo de Berlim se negou a publicar o valor da receita obtida graças à popularidade de Knut, por isso todos os números são estimativas.

Knut ficou famoso depois de ser rejeitado pela mãe no zoo de Berlim, quando passou a ser alimentado com mamadeira pelo tratador, cujo amor paternal comoveu o mundo inteiro.

Leia mais sobre Knut

    Leia tudo sobre: knut

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG