Uribe volta a falar em terceiro mandato na Colômbia

BOGOTÁ (Reuters) - O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, reabriu na terça-feira a polêmica sobre a reeleição, ao revelar as razões pelas quais desejaria continuar no poder. O popular presidente não revelou se pretende obter uma reforma constitucional que lhe permita disputar um terceiro mandato consecutivo em 2010, ou se voltará a concorrer apenas em 2014, como recomendam alguns setores.

Reuters |

"Quero que este país se esforce para prolongar o tempo da segurança democrática e a confiança dos investidores, que agora sim é necessária neste mau momento da economia nacional", declarou Uribe, de 56 anos, à rádio Caracol.

A afirmação foi interpretada por alguns dirigentes políticos como uma aceitação implícita de que ele pretende continuar como presidente.

Uribe foi eleito em 2002 e posteriormente conseguiu que o Congresso aprovasse uma emenda que lhe permitisse a reeleição, em 2006. A redução da violência urbana e a firme ação militar contra guerrilheiros de esquerda lhe garantem grande aprovação popular.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG